Decreto libera fuzil para proprietários rurais

fuzil da taurus que foi liberado

Decreto permite que fazendeiros comprem fuzil

O novo decreto de Jair Bolsonaro tira a possibilidade do cidadão comum comprar e manter em posse fuzis, carabinas e espingardas, mas continua permitindo que os proprietários de imóveis rurais possam comprar esssas armas para se defender de posseiros e invasores.

Algumas pessoas defendem o ato como forma de defesa:

“Ainda bem que viabilizam os que pretendem defender a família e patrimônio. Há muitos rincões do país com total ausência do Estado. Em vez de fuga e prejuízo, defesa. MST vai pensar duas vezes em querer invadir e roubar propriedades alheias. A polícia está matando mais e os indices de criminalidade caíram 25%! Por quê será?”

Outra, no entanto, acham que a medida trará consequências trágicas:

“Bolsonaro quer que os latifundiários continuem assassinando os índios, quilombolas e sem-terras.”

E você? O que acha da medida?