Maia não cumpre acordo de colocar a votação de MP que reestrutura o governo Bolsonaro

rodrigo maiaRodrigo Maia passou por cima de um acordo feito pela oposição, centrão e até mesmo por governistas e não colocou em votação medida provisória que reestrutura o governo Bolsonaro. Com isso, fica comprometido o desenho que o presidente fez para governar com fim de Ministérios e distribuição de várias atribuições.

A MP perde a validade no dia 3 de junho, e se não for votada até lá nos plenários da Câmara e do Senado o governo volta a ter a estrutura do governo passado, o governo Temer, que tinha 29 Ministérios e um desenho completamente diferente do atual. As tardes de quinta-feira geralmente são vazias no Congresso Nacional, porém o planalto não queria prolongar o desgaste e correr o risco de ver essa MP caducar. Então, teve essa articulação para que o texto não fosse votado no plenário da Câmara hoje.

Já o centrão e a oposição queriam emplacar  as mudanças que foram feitas mais cedo na comissão mista no plenário da Câmara e ainda hoje. E aí ficaria faltando só o plenário do Senado, porém como dissemos, Rodrigo Maia não colocou em votação e a expectativa é que na semana que vem possa ter uma nova articulação e o novo acordo.